Notícias

Circuito Rio comemora 50 anos com mais uma edição de sucesso

Um dos mais tradicionais eventos da Vela Oceânica Brasileira, o Circuito Rio recebeu mais de 300 velejadores em 34 barcos de diversos estados do Brasil nos dias 25 e 31 de outubro, 1, 2 e 3 de novembro na sua 50ª edição.

A competição, organizada e sediada pelo Iate Clube do Rio de Janeiro, recebeu as classes ORC, IRC e BRA-RGS para uma série de sete regatas: a 69ª Santos-Rio, com largada na Baía de Santos (SP) – apoiada pelo Iate Clube de Santos – e chegada na Ilha da Laje (RJ) num percurso total de 200 milhas náuticas, e o conjunto de regatas Victor Demaison e Almirante Monnerat, ambas nas águas da Baía de Guanabara e suas proximidades.

No primeiro dia na raia do ICRJ, a regata Victor Demaison foi realizada em um percurso de 32,7 milhas. A largada foi dada às 12h com vento sul fraco, porém 10 minutos depois o vento sudoeste surgiu contrariando todas as previsões do dia. O vento sudoeste de intensidade média e forte permaneceu durante a competição até a chegada do último barco. Das 30 equipes que largaram, 5 desistiram no meio da regata. A primeira cruzou a linha de chegada às 15h54 sendo “fita azul” e a última às 20h30.

O pódio da Victor Demaison ficou: classe ORC - Pajero (ICS Cmte. Eduardo Souza Ramos), 1º lugar; Crioula 29 (ICRJ Cmte. Eduardo Plass), 2º lugar; e Neptunus XIII (ICRJ Cmte. André Mirsky), 3º lugar; classe IRC – Danadão (ICRJ Cmte. Guilherme Rafare), 1º lugar; Tahiti Nui (ICRJ Cmte. José Lucio Glomb), 2º lugar; Avanti (ICRJ Cmte. Gustavo Licks), 3º lugar; classe BRA RGS – BLC3 Urca (BL3 Cmte. Pedro Rodrigues), 1º lugar; Zeus (Marina Lisarb Cmte.

Pedro Rodrigues), 2º lugar; e Orion Conapra (GVREFOMM Cmte. Fabio Kohler Harkot), 3º lugar.

No segundo dia, foram realizadas duas regatas barla-sota dentro da Baía de Guanabara. Os ventos de sul com boa intensidade proporcionaram uma ótima disputa até o último barco concluir a prova. À noite houve a premiação da 69ª Santos-Rio com a Festa da Vela na pérgula da piscina.

No terceiro dia, aconteceu a quinta regata do circuito, a Almirante Monnerat. O percurso foi de aproximadamente 21 milhas com mar agitado e muito vento. Somente 22 equipes cruzaram a linha de chegada, pois o dia foi de velejada no limite com algumas avarias aos barcos e desistências. Após a disputa foi realizada a premiação da regata Victor Demaison no hangar 3.

O pódio da Almirante Monnerat ficou: classe ORC – Pajero, 1º lugar; Duma (ICRJ Cmte. Haakon Lorentezen), 2º lugar; e Crioula 29, 3º lugar; classe IRC – Rudá (CIR/SUPMAR Cmte. Mario Augusto Martinez), 1º lugar; Danadão, 2º lugar; e Inaê 40 Transbrasa (P27 CIR Cmte. Bayard Umbuzeiro), 3º lugar; classe BRA RGS – BL3 Urca, 1º lugar; Orion Conapra, 2º lugar, e Zeus, 3º lugar.

No último dia, foram realizadas duas regatas barla-sota com ventos de sul de boa intensidade. A cerimônia de premiação da regata Almirante Monnerat e dos campeões gerais do Circuito aconteceu no mesmo dia na pérgula da piscina. Na classificação geral do Circuito, foram considerados campeões cada primeiro colocado das classes e nas categorias foram considerados também os segundos e terceiros colocados.

Na ORC, o barco Pajero (ICS), comandado por Eduardo Souza Ramos, levou o troféu transitório Circuito Rio pela 13ª vez sagrando-se campeão da classe. A disputa pelo título foi acirrada com o Crioula 29 (ICRJ/VDS), de Eduardo Plass, que ficou apenas a um ponto perdido de diferença em relação ao campeão, garantindo a segunda colocação da categoria ORC I. O Angela Star VI (ICRJ), comandado por Peter Dirk Siemsen e campeão da 69ª Santos Rio, completou o pódio na terceira colocação.

Na categoria ORC II, o título ficou com o +Bravíssimo (ICES), comandado por Luciano Secchin, deixando em segundo o Maestrale Logsub-Mapma (ICRJ), de Adalberto Casaes, e o Santa Fé V (CNC), de Nelson Thomé Júnior, em terceiro.

Na IRC, o Rudá (CIR/SUPMAR), de Mário Martinez, foi o campeão geral e da IRC I. O vice-campeonato da IRC I ficou com o Danadão (ICRJ), comandado por Guilherme Raffare. O Saravah (ICRJ), do comandante Pierre Joullié, foi o terceiro colocado.

Na IRC II, o vencedor foi o Inaê 40 Transbrasa, do comandante Bayard Umbuzeiro, o segundo colocado foi o Avanti (ICRJ), do comandante Gustavo Licks, e o terceiro colocado foi o Asbar II (YCI), comandado por Sergio Klepackz.
Na BRA RGS geral, o BL3 URCA (BL3), do comandante Pedro Rodrigues, foi o vencedor. Na BRA RGS A, o barco Orion Conapra (GVREFOMM), comandado por Fabio Kohler Harkot, ficou em segundo lugar e o terceiro colocado foi o Zeus (Marina Lisarb), de Paulo Fernando Moura.

O 50º Circuito Rio contou pontos importantes no ranking da Copa Brasil ABVO, que definirá o melhor barco do ano e os melhores em cada categoria. O ICRJ tem orgulho de realizar um evento dessa magnitude e importância ao esporte brasileiro há 50 anos.

Festa na pérgula da piscina é o ponto alto do 50º Circuito Rio

Na noite sexta-feira, 1 de novembro, após a premiação da regata Santos-Rio, aconteceu a tão esperada Festa da Vela. A pérgula da piscina se transformou em um cenário elegante para receber sócios, atletas e convidados em uma grande confraternização e comemoração ao 50º Circuito Rio.

O evento open bar e open food foi produzido pela Cass Eventos, de Giovanna e Rossana Cassano. A decoração impecável incluiu cores vibrantes, muitas luzes de led e telões que transmitiam vídeos de competições passadas.

Aproximadamente 600 pessoas participaram da festa e curtiram a pista de dança ao som do DJ Alexandre Cappelli até altas horas da madrugada.

Logobrancag
Av. Pasteur, 333 - Urca
Rio de Janeiro - CEP: 22290-240
Tel.: 55 21 3223-7200

SUBSEDE CABO FRIO
Av. Almirante Barroso nº 1141
Passagem - Praia do Forte - Cabo Frio
CEP:28906-280
Tels: 55 22 2643-3432 - 55 22 2646-5390
SUBSEDE ANGRA DOS REIS
Estr. Ver. Benedito Adelino, nº 2001
Angra dos Reis - Praia Grande
CEP:23909-200
Tels: 55 24 3365-5199 - 55 24 3365-0840