Da Dinamarca a Tóquio

Na disputa do Mundial de Classes Olímpicas em Aarhus, Dinamarca, o Brasil garantiu vaga em três classes para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, são elas: Laser, 49er FX e Nacra 17.
Na Laser, que distribui mais vagas que as demais classes, o velejador representante do ICRJ João Pedro Souto de Oliveira se destacou e terminou em 19º lugar. Com isso, deixou o Brasil dentro da zona de classificação, em 11º lugar.
Na 49er FX, a dupla Kahena Kunze do ICRJ e Martine Grael do RYC, que retornaram os treinos pouco tempo antes da competição, devido à participação de Martine na regata de volta ao mundo Volvo Ocean Race, conseguiram vaga com um 4º lugar na classificação geral.
Na Nacra 17, Gabriela Nicolino do ICRJ e Samnuel Albrecht do VDS, terminaram a competição em 5º lugar, garantindo mais uma classe em Tóquio. Já na classe Finn com Jorge Zarif do ICRJ, a vaga ficou para uma próxima oportunidade – pois ele terminou em 18º lugar, dez a mais da zona de classificação. Na RS:X feminina com Patrícia Freitas também do ICRJ, a vaga ficou por uma colocação.
Neste mês, os velejadores das classes olímpicas já têm um novo compromisso – evento-teste em Enoshima, Japão, onde serão disputadas as provas em 2020. Bons ventos!