object1625919614
  • Slide 6
  • Slide 3
  • Slide 4
  • Slide 5
  • Slide 2
  • Slide 1

logo time vela 2016

A XXVI edição da Copa da Juventude aconteceu entre os dias 05 e 10 de fevereiro no Clube Veleiros do Sul – Porto Alegre/RS. Ao todo, 69 barcos disputaram nas seguintes classes: RS:X (Masc. e Fem.), Laser Radial (Masc. e Fem.), 420 (Masc. e Fem.) e 29er (Masc. e Fem.).

A flotilha de Vela Jovem do ICRJ foi representada por 17 velejadores divididos nas classes Laser Radial (5 velejadores) e 420 (6 duplas). Conquistaram o pódio: Leonardo Motta, vice-campeão da Laser radial; Marina Mirow, vice-campeã da Laser Radial Feminino; Stefano Geronimi e Felipe Berardo, segunda colocação geral da 420.

As disputas acirradas na Laser Radial aconteceram com Nicolas Mueller (VDS/CBC), 1º lugar, e Lars Kunath (YCSA/CBC), 3º lugar. Já na 420, com Bernardo Peixoto Pereira e Marcos Mariutti Arndt (YCB/CBC), que ficaram em 1º lugar, e Marina Roma da Fonte e Marina Arndt (YCB/CBC), 3º lugar.

A Copa da Juventude foi o principal evento classificatório para definir a equipe brasileira que disputará o Mundial da Juventude, de 13 a 20 de julho, na cidade de Gdynia, na Polônia. O evento também fez parte do projeto desenvolvido pela CBVela que tem como objetivo criar oportunidades para novos velejadores nas classes de formação para os barcos olímpicos. No extenso ranking de clubes participantes, o ICRJ ficou em 4º lugar como melhor clube de Vela Jovem!

Campeonato de E-Sailing

A novidade deste ano na Copa da Juventude foi o Campeonato Brasileiro de E-sailing. A versão virtual da modalidade, disponível em Android e iOS, é um jogo que consiste na disputa de regatas virtuais com versões computadorizadas de barcos de classes reais, como 49er e Nacra 17.

O campeão brasileiro será definido ao fim da temporada do torneio e garantirá uma vaga na final do Campeonato Mundial de E-Sailing em outubro. Para competir, é necessário ter cadastro no site da plataforma Virtual Regatta e equipamento próprio (tablete, laptop ou celular).

A ideia do E-Sailing é fazer com que a Vela se popularize além do mar e em meio a outros públicos. O Brasil foi um dos 10 países selecionados para ter o campeonato nacional da modalidade eletrônica.

Sobre a Copa da Juventude

A primeira Copa da Juventude foi sediada pelo ICRJ em 1994. A competição surgiu por uma ideia do Sr. Fritz Scheidt, que após participar do Mundial da Juventude com seu filho Robert Scheidt, idealizou e sugeriu realizar um campeonato para os jovens com características semelhantes no Brasil.

A partir da segunda edição, em 1995, a Copa da Juventude passou a ser utilizada como a Seletiva Nacional de Vela Jovem para constituir a Equipe Brasileira que representa o país no Campeonato Mundial da Juventude. O campeonato cresce anualmente e recebe cada vez mais atletas, clubes e federações estaduais.

O evento promove também a disputa de Melhor Clube de Vela Jovem, onde os atletas competem não somente de forma individual ou em duplas, mas também para somar pontos para o seu clube. Todos os participantes devem ter menos de 19 anos no ano do torneio, além de possuir o registro de velejador na World Sailing e na respectiva classe.